segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Decorando casinha de bonecas

A Yasmin para o Natal de 2014 pediu ao Papai Noel uma casinha de boneca da Magali, que viu em um gibi, e que entretanto não era mais fabricada.
Para solucionar a questão encomendamos uma casinha, na lojinha da mãe de uma coleguinha da Mi, que trabalha com personalizados em MDF - Karol Artes.

A pequena estranhou a mudança, mas expliquei que os duendes na impossibilidade de fabricar o modelo que gostaria, por falta de algum material, adaptaram o presente, para que ficasse o mais próximo possível do que desejava.

E após nos unirmos na decoração da casinha, finalmente soltou um sorriso, e falou que tinha ficado feliz com a escolha do Papai Noel.

UFFFA, alívio total, rs.

E olha como ficou nossa ornamentação.


Aproveitamos o nome em feltro que fizemos para festinha de 6 anos com a Peppa, no telhado.

Botões na fachada

Cortina de botões.

Papel estampado de scrapbook - como papel de parede da sala de estar

Mini regadores ganharam corações de feltro e pompons, para decorar a garagem, e áreas externas.

Improvisamos varal com mini prendedores de roupa

Flores e joaninhas alegraram o rodapé.


A cozinha ganhou quadros com receitas.

O quartinho do bebê pequenos quadrinhos delicados.


Chinelinhos aos pés da cama

E lindas borboletinhas enfeitaram a parede do quarto da menina.
 


E viva os sonhos de criança!!!

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Receita de quibe de forno

Final de semana descontraído em meio a família.
Família que mora perto, e que mora longe.
Família que vemos frequentemente, e família que há seis anos não encontrávamos.
Papo em dia, lembranças, fotos, álbuns, muitas histórias, crianças que cresceram, pessoas queridas que partiram.

Muitas bênçãos, em uma tarde de alegria.
E não poderia faltar um lanchinho gostoso para receber esta turma mais que especial.

Cupcakes, muffins de atum e quibe de forno.

E aqui a receitinha de quibe de forno que fica ainda mais apetitoso com um fiozinho de azeite de oliva extra vigem.
Experimente.
quibe de forno

Ingredientes:
1 kg de carne moída
500 g de trigo para quibe
1 pimentão
1 cenoura ralada
3 tomates (tiro a pele)
1 cebola bem picadinha
3 dentes de alho
hortelã picadinha
azeitonas pretas (uso a verde)
azeite de oliva extra virgem
sal a gosto
50 g de queijo ralado (coloco 100g)
2 ovos batidos

Preparo:
1- Deixe o trigo de molho por 30 minutos, coloque o sal na água.
2- Tempere a carne a seu gosto e leve ao fogo, pode deixar úmida.
3- Sove o trigo, e acrescente, a carne,o pimentão, cenoura, tomates, cebola, alho, hortelã e as azeitonas.
4- Após bem  misturados coloque os ovos e o parmesão.
5- Por último regue com um pouco de azeite e misture mais um pouco.
6- Arrume em uma forma untada com azeite, e regue novamente com o azeite, principalmente as bordas.
7- Leve ao forno pré-aquecido.







segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Dicas para montar um scrapbook

2014 passou a integrar o álbum de lembranças.

E para dar início ao novo ano resolvi acabar com as pendências deixadas pelo que passou, ou melhor, pelos que passaram, porque 2013 ainda estava em cima da minha mesa no home office.

O álbum com momentos da Yasmin na escolinha, referente ao curso do I período no ano retrasado, que comecei e não terminei, e o álbum de seu aniversário, do ano passado, que nem tinha dado início.

Me empenhei em conclui-los, e ao final me senti pronta para dar início a 2015 .

Vou mostrar as fotos deles e passar algumas dicas, sobre o que aprendi fazendo scrapbooks  até o momento, e não sei mais quantos foram, porque perdi as contas.

A lojinha virtual deixou de existir, contudo o gosto pelo trabalho permanece.
Adoro os recortes e as imagens com suas histórias escritas ali do ladinho, para evitar que a memória nos traia, e relegue algo importante ao esquecimento.

A capa foi escolhida em função do tema eleito pela escola para aquele ano - 7 cores, 7 notas musicais.

Pedi a um fotógrafo que clicasse a Mi em um dia comum de aula, e o álbum está composto também por imagens do São João e da mostra, que acontece no fim do ano, onde são exibidos os trabalhos dos pequenos, produzidos durante o período.




vou adicionar o nome dos coleguinhas nesta página


e o das tias












 






E a festinha de aniversário de 6 anos da Mi com a Peppa, também ganhou sua versão impressa.
caderno de mensagem e álbum



convite



















Então vamos lá as dicas.

Antes quero deixar claro que é o que funciona para mim, mais a ver com preferência.
Cada um, com o passar do tempo, acaba desenvolvendo a sua melhor forma de trabalhar com scrap.
No entanto espero que minhas observações sejam úteis.

1- Para começar a produção de scrapbooks é bom ter uma fonte de inspiração, até ir pegando o jeito.
Revistas especializadas, livros sobre o tema, internet e os sketches, que são modelos gráficos dos layouts de páginas.
imagem do Google
2- A melhor forma para aprender é praticando.
Colocar a mão na massa, fazendo álbuns com imagens do natal, festa da filha, páscoa, e tudo que der vontade, vai fazer suas ideias aflorarem.
Como já falei, em outra oportunidade por aqui, talento é consequência de treino e perseverança.
 
Primeira foto da Yasmin, com a primeira roupinha que vestiu.
No colo da vovó Balbina, na maternidade em Ituiutaba-MG, onde nasceu

8 anos de casados, na cachoeira de Tijuipe, comemorando o retorno à Bahia

Aniversário de 5 anos da Mi com a Moranguinho
Cartão que recebi no dia das mães - Mi durante o hallowen na escolinha
e a festinha de São João em 2012 quando a Mi estava no maternal
 
3- Corte as fotos sem medo.
Tire os espaços em branco, enquadre melhor o que deseja destacar, recorte e monte um patchwork, ganhe espaço, para a decoração que vai acrescentar a página.
Brinque, dê forma circular, quadrada, de algum item que tenha a ver com o tema.
Como por exemplo dar forma de um fantasma a fotos de hallowen, etc.


4- Quando o assunto é cola, menos é mais.
Para evitar trabalhos manchados, coloque pouquinho, nas bordas.
Compre uma cola acid free com bico fino, que facilita a aplicação, utilize também pinceis de cerdas macias para espalha-la se for necessário. Você pode comprar um pote grande que sai mais barato, e ir enchendo o vasinho de bico fino.

Não pode esquecer, tudo que se colocar dentro de um scrapbook tem que ser feito com cola acid free, ou fita dupla face (basta colocar nas bordas, e pode ser a versão mais fina),  para conservar as fotos, sem que fiquem amareladas.

5- Outra aliada importante é a tolha de papel absorvente.
Tenha sempre a mão em seus projetos.
Se a cola, apesar de todo o cuidado, saiu pela borda da foto, passe a toalha de papel, sem esfregar, coloque e tire algumas vezes, e será o suficiente para resolver a questão.
Também vai ajudar na hora de fixar as imagens, sem borra-las, principalmente quando as fotos tem brilho.

6- Prefiro as fotos pequenas nos tamanhos 10 x 15 cm ou até menor.
O álbum do I Período da Mi tem fotos 15 x 21 cm, porque era o menor tamanho com o qual o fotógrafo trabalhava.
Em função disto, o álbum teve que ser maior, 30 x 25 cm, e o gasto com papeis decorados também foi proporcional.
Claro que aqui entra o fator preferência, mais os álbuns menores, ao meu ver, ficam mais fofos, e consequentemente mais econômicos.

7- Utilizo muitos aviamentos encontrados em armarinho.
Nas lojas de scrap é possível encontrar mais opções e alternativas mais delicadas, entretanto, quando não se tem uma por perto, recorrer a armarinhos é uma boa solução.
Aliás, lá tem itens que prefiro, como os botões usados em roupas de crianças.
Tenho também rolos de fitas decoradas de todas as cores, e larguras.

8- Deixar um bolso na contra capa, ou anexar uma folha plástica apropriada, é uma ideia versátil.
Vai permitir guardar juntinho das fotos, elementos que remetam àquele momento, como convites, cartões e outros.

9- As ferramentas de scrap artesanal são caras.
Compre o básico - base de corte, estilete, régua de metal - após dar início e avaliar sua vontade firme em se dedicar a atividade, aí sim, faça investimentos maiores.
Falei sobre os materiais e ferramentas neste post AQUI.

10- Comece se possível com a versão digital.
Aprenda a utilizar um editor de imagem, eu uso o Photoshop CS5.
Adquira freebies (elementos digitais utilizados na decoração de álbuns virtuais), ou faça downloads de versões gratuitas, encontradas em sites e blogs, pela internet afora.
Eu os utilizo hoje para decorar as páginas dos cadernos de mensagens.
Arrume tudo direitinho em pastas, e vá colecionando.
É mais simples montar os layouts na telinha do computador, começar, não gostar do resultado, e fazer tudo de novo.
Sem estragar fotos, nem perder material.

Aqui no blog costumo disponibilizar as artes digitais que faço para os aniversários da pequena.
É só copiar e imprimir.

Então, que venha 2015, e que seja abençoado, em nome de Jesus.